marca

Parabéns a todos participantes!

Clique e confira os selecionados do concurso.

 

Conheça os curadores

 

Rogério Barbosa da Silva
Doutor em Literatura Comparada, mestre em Literatura Brasileira. Professor de Literatura e Edição no CEFET-MG. Poeta eventual, coeditou a Revista Ato – Literatura, tendo participado também como coeditor do Jornal DezFaces, ambos em BH. Membro do Conselho Editorial da Scriptum Livros. Atualmente coordena o projeto POEMAPS – Publicação de poemas em multiplataforma – www.poemaps.org. Publicou poesia em: Livro coletivo: Boca na palavra – vias do canto (Impressões de Minas, 2019; Entre o tango e o samba (Museu Nacional de Poesia, 2018), Jornal Dezfaces, Revista Zunai, Poemaps.
 

Djami Sezostre

Djami Sezostre, criador da Poesia Biossonora e da Ecoperformance, é autor dos livros: Lágrimas & Orgasmos, Águas Selvagens, Dissonâncias, Moinho de Flechas, Cilada, Solo de Colibri, Çeiva, Pardal de Rapina, Anu, Arranjos de Pássaros e Flores, Cachaprego, Estilhaços no Lago de Púrpura, Yguarani, Silvaredo, Z a Zero, Eu Te Amo, Onze Mil Virgens, O Menino da sua Mãe, Zut, Cavalo & Catarse, Salmos Verdes, O pênis do Espírito Santo, Cão Raiva, Óbvio Oblongo, O pássaro zero.

Mário Alex Rosa
Natural de São João Del Rei. Licenciado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto. Mestre em Letras  ̶ Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo, com dissertação sobre o livro Farewell de Carlos Drummond de Andrade, e Doutor em Literatura Brasileira também pela USP, com tese sobre a poesia de Armando Freitas Filho. Cursou pós-doutorado no Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), tendo como pesquisa a relação entre poesia e tipografia nas edições da Editora Noa Noa. É autor dos livros: ABC futebol clube, Ed. Aletria, 2015 (Infantil), Formigas, Cosac Naify, 2013 (Infantil), Ouro Preto – poemas, Ed. Scriptum, 2012 e Via Férrea, Ed. Cosac Naify, 2013. É editor na editora Scriptum – BH e da coleção Lição de coisas – Tipografia do Zé – Belo Horizonte. 

 

Conheça os ganhadores

 

Betânia Noll de Oliveira
Escritora, artista plástica e arquiteta e urbanista. coloca forma e palavra onde tem sentir. fala de toque, reconhecimento, florescimento e encontros. 
betania

 

Felipe Alvarenga
Escritor e Pedagogo, dois poemas publicados no jornal Estado de Minas. Um conto, “Café com Miranda”, no livro de coletâneas “Famílias Invisíveis” e dois livros de poemas, “Ninho de Corpos”, lançado em 2019 pela Sangre Editorial e “Dentro do Nada”, também lançado em 2019 pela Editora Kazuá.
 
Felipe Alvarenga

 

Francisco Guilherme 
Francisco Guilherme é nascido e residente em Santo André-SP e servidor público em Mauá – SP. Escreve desde os 14 anos. Aos 18, participou de oficinas literárias com o poeta Claudio Willer. Aos 36 anos, lançou seu primeiro livro de versos ‘Rascunhos de Um Vendaval’ (Editora Casa do Novo Autor) na “Semana Municipal de Literatura de Santo André-SP”. Em 2019, foi um dos premiados do 54o FEMUP (Festival de Música e Poesia de Paranavaí-PR). 
franciscoguilherme

 

Gabriel Vinícius
Gabriel Vinicius é ator, diretor, poeta e dramaturgo da cidade de Contagem. É um dos organizadores do Apoema Sarau Livre, e é fundador da Companhia Boemia Literária. Sua dramaturgia e direção no espetáculo Manifesto pelo direito à poesia, já foi laureada com o prêmio Magdalena Lana Gastelois de melhor teatro alternativo. É também graduando em Letras da Universidade Federal de Minas Gerais.

gabriel

 

Gleidston Alis 
Gleidston Alis é doutor em Estudos Literários pela UFMG, professor, escritor e “cantautor”. Publicou, em 2019, o livro-objeto de poemas “duto” e possui, no âmbito acadêmico, publicações sobre literatura brasileira contemporânea, cultura contemporânea e educação.
gleidstonalis3

 

José Brandão
José Brandão nasceu em Dois Córregos, SP. Mora em Bauru, SP. Publicou oito livros de poesia e um de crônicas. Recebeu vários prêmio literários, como o “Cidade de Belo Horizonte” por um romance inédito; V Bienal de Literatura por “Presença da morte” (poesia), 1991; “José Ermírio de Moraes”, do Pen Centre de São Paulo, para melhor livro do ano, 1984, por “Exílio” (poesia). 
 
josebrandao

 

Leonardo Queiroz Lyrio
Natural de Governador Valadares, reside em Montes Claros, onde é servidor público. Casado com Célia, pai de Heitor e Cecília. Participante de certames literários desde 2015, tendo sido selecionado para compor coletâneas no 7º Concurso Microcontos de Humor de Piracicaba, no XI CLIPP, no Prêmio Sarau Brasil 2017 e no V Prêmio Literário Cidade Poesia.
 
Leonardo2

 

Marven Junius da Costa Franklin
Paraense, com título de “Destaque da Literatura do Extremo Norte” de e Destaque Cultural pela Secult/AP de 2019. Vencedor do prêmio Asabeça –cabeça que voa/Scortecci e menção honrosa no “XVIII Fritz Teixeira de Salles” de poesia de Poesia de 2020.
 
marven2

 

Thaís Abreu de Araújo
Thaís Abreu de Araújo nasceu em Duque de Caxias / RJ, em 1997. Autora com dois livros publicados, além dos livros no Wattpad e participações em antologias. Escreve ficção desde 2010, ganhando destaque na escrita de distopia, fantasia e romance. Acredita que a poesia está além da forma. É professora, colunista, contadora de histórias e atualmente cursa Letras na UNIRIO.
thais

 

Thiago Brandão
Thiago Sousa Brandão nasceu e vive em Brasília. Possui graduação em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduação lato sensu em Filosofia pela Universidade de Brasília. Atualmente realiza mestrado na área de Inovação em Comunicação na Universidade Católica de Brasília, com pesquisa em epistemologia, memória, comunicação e novas tecnologias. Profissionalmente, tem passagens por instituições como Ministério da Previdência Social, Departamento de Polícia Federal, Empresa Brasil de Comunicação, Universidade de Brasília, Conselho Federal de Medicina e Codevasf.
Thiago

 

Contato

logos

PRODUTO GRATUITO